Cadastre-se em nossa corretora!

-Melhor relação custo x benefício;
-Home Broker ágil, prático e estável;
-Atendimento online e por telefone;
-Ganhe um DVD de análise gráfica, na primeira operação!
-Plataforma gráfica profissional gratuita e muito mais!

Abra sua conta!

Blog

Análise Gráfica na bolsa de valores

Essa ferramenta também conhecida como “Análise Técnica” é muito utilizada por investidores profissionais para analisar de forma efetiva as ações individuais de empresas no mercado de renda variável e tudo isso com base na demanda de determinado papel por meio de gráficos.

Os analistas (investidores) não prevêem o futuro, mas conseguem tomar decisões com relação aos indicadores de um ativo por meio do gráfico e assim evitarem possíveis perdas. O mercado de ações oferece formas diversas para um investimento, sendo que alguns são mais visíveis e podem fornecer dados que levem a crer a situação de uma empresa em sua real conjuntura e essa ferramenta é a “Análise Técnica”.

Utilizando essa ferramenta é possível notar clareza nos movimentos dos preços de acordo com padrões de oferta e demanda de determinada empresa de capital aberto, como também a movimentação do volume financeiro e a tendência alcançada. A análise técnica consegue mostrar por meio de gráficos essas movimentações em dados períodos deduzindo sua história gráfica e sua real tendência, funcionando assim como uma ferramenta de estatística e não de previsão. As operações de “traders” que são operações de compra e venda em um único dia se baseiam nessa plataforma e com ela se identifica possíveis reversões de tendências do mercado, para antecipar-se dentro de uma estratégia.

Os pontos mais visualizados e utilizados dentro de uma análise gráfica são os chamados “suportes e resistências”, também conhecidos como “topos e fundos” e alguns casos expressões que aparecem em algumas análises como máximas e mínimas durante o pregão.

Suporte, fundo e mínima: É o preço em que uma ação sofre durante uma trajetória descendente, ou seja, o preço dessa ação cai e após isso retoma sua trajetória só que agora contrária sendo ascendente registrando um valor durante essa passagem(fundo).

Resistência, topo e máxima: É o preço do papel com um valor maior, ou seja, o preço sofre uma alta realizando um movimento ascendente (para cima) e busca uma reversão dessa trajetória marcando agora um topo e que agora começa cair.

Esses movimentos realizados são os comportamentos que os papéis apresentam durante os momentos em que estão sendo negociados e os preços em que se encontram, são os preços atualizados por intermédio de vários fatores como: notícias, divulgações de resultados, expectativas, previsões e análises externas dentre muitos outros. Podemos observar que cada movimentação reflete no mercado a posição em que uma empresa se encontra mostrando o preço e o volume financeiro e se for constatada alguma dificuldade em seu trajeto, haverá automaticamente uma correção que mudará sua tendência.

Leave a Comment (0) ↓

Leave a Comment